Analecto

6 de outubro de 2011

Steve Jobs está morto.

O fundador da Apple, Steve Jobs, encontrou seu fim. Durante todo esse tempo, eu o odiei com cada fibra do meu ser. Eu detestava a Apple, não porque gosto de Linux, mas porque Steve Jobs mostrava-se (quando mostrava-se) um sem vergonha, um manipulador de interesses, uma entidade sedutora que só queria lhe levar ao fundo da falência, um ladrão de ideias.
Quando fiquei sabendo, não pude evitar: fiquei extremamente feliz. Mas eu fui ensinado que ficar feliz com a morte dos outros é terrível.
Quando a felicidade baixou e a culpa subiu, comecei a me perguntar por que Jobs era daquele jeito. Talvez ele tivesse problemas além da minha compreensão, aflições pessoais perenes, coisas que talvez nunca saberemos devido ao sigilo que ele mantinha sobre sua própria vida. A vida de Jobs era tão misteriosa quanto o próprio UNIX.
Depois de ficar pensando o quão ruim eu sou como pessoa, comecei a imaginar o que Jobs fez de bom. Ele, sem dúvida, ajudou na popularização de sistemas operacionais semelhantes ao UNIX, num tempo em que Linux era extremamente chato e complicado.
Ele está morto, então pedir desculpas agora não vai adiantar. Acho que há uma lição a ser aprendida.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Ah o Steve Jobs… ^^’ na verdade eu não conhecia. Eu sempre tive Janelas mas de qualquer forma é bom que vc se sinta assim a respeito dele pq significa que vc ainda tem emoções e sentimentos. Que alguns não tem mais…

    Curtir

    Comentário por alekbunny — 6 de outubro de 2011 @ 18:25


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: