Analecto

27 de dezembro de 2011

Inveja de novo.

Ontem, um dos meus amigos a “superar” minha inveja dos artistas digitais começou a fazer arte digital. Apesar de ele estar de férias e poder melhorar suas habilidades, ele não o fez. O que fez ele pular para arte digital foi o tablet que ele ganhou de Natal. Senti como se tivessem comprado meu amigo e, apesar de ele não estar fazendo nada diferente, de fato, apenas encontrou uma nova ferramenta para usar suas habilidades tradicionais no meio digital, me senti traído ao ponto de chorar direto por uma hora e meia.

Eu deveria estar feliz por ele e, depois de pensar a respeito, resolvi aceitar que estou preso num buraco de alcatrão magnético chamado imperícia crônica. Eu não sei como melhorar minha arte tradicional e não pretendo fazer arte digital porque agora continuar com tradicional tornou-se uma questão de orgulho; não vou pactuar com o que me faz sofrer, levando meus amigos para longe de mim.

Me sinto meio chateado ainda, mas meu amigo não tem culpa. Ele provavelmente não iria comprar o tablet, mas ele ganhou, por que não usar? Afinal, é um presente e, se ele puder usar tal presente para transferir o que ele já sabe de arte para o computador e fazer arte melhor com perícias velhas, juntamos o útil ao agradável. O problema são minhas reações egoístas.

3 Comentários »

  1. […] Deixarei de usar tais efeitos; venho relevando isso há algum tempo e eu estava tentando mentir para mim mesmo. Mas, por mais que eu tentasse me iludir, eu sabia que o que eu produzia não era totalmente tradicional. Isso me faz hipócrita. […]

    Curtir

    Pingback por Pego com a pata no mouse. « Pedra, Papel e Tesoura. — 14 de março de 2012 @ 23:38

  2. Acredite cara, você não é egoísta. Qualquer um pode fazer uns rabiscos no Paint mas desenhar no papel exige mais que coordenação pois exige que o artista tenha uma boa noção de perspectiva, o sombreamento e efeitos de iluminação dependem exclusivamente da experiência do artista, desde o line art até a pintura final, é tudo feito na raça.

    O que eu quero dizer meu amigo é que você não deve invejar os artistas digitais ou se sentir inferior a eles porque na verdade você não é. Você criou seu próprio estilo de arte que eu conheço e acho muito legal e seu traço está séculos a frente de muitos artistas digitais, se não acredita basta procurar um pouco e você encontrará puro lixo digital. Sempre existe alguém que desenha melhor e alguém que desenha pior que nós.

    Enfim, eu jamais trocaria sua arte tradicional por uma montagem digital falsificada, criada pelo computador sem nenhum esforço por parte do artista.

    Abraço caótico.

    Curtir

    Comentário por alekbunny — 28 de dezembro de 2011 @ 10:31

    • Palavras doces, embora eu me sinto meio mal por achá-las doces. O que me deixa mal mesmo é o fato de que artistas digitais recebem mais atenção no /furry fandom./ É injusto, especialmente porque um excelente artista tradicional (como Spiffy) tende a receber a mesma atenção que um artista digital emergente que ainda não tem a mesma quantidade de perícia que o dito artista tradicional.

      Em 28-12-2011 10:31,

      Curtir

      Comentário por Yure T. Kitten — 28 de dezembro de 2011 @ 17:00


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: