Queria saber…

Por que as pessoas fazem juramentos tão pesados, muitas vezes desnecessários? Um amigo meu está fazendo isso e eu estou tentando convencê-lo de que ele não precisa passar por sofrimento à toa. Digo, não é como se ele estivesse tentando parar de fumar ou coisa assim. Mas por que acabar com um fetiche?

Às vezes a sexualidade não vai na direção certa. Mas se ela vai para o lado “errado”, não tem razão para tentar ajeitá-la se não estiver prejudicando você mesmo ou o próximo. Às vezes as pessoas desenvolvem hábitos que não “corretos” ao ver delas e, por mais que tentem livrar-se deles, sempre caem e ficam frustrados, sentindo-se culpados. Mas pense bem, por acaso esse hábito lhe prejudica ou prejudica alguém? Será que tentar livrar-se dele trará algum benefício?

No caso do fetiche, a maioria das pessoas não consegue se livrar do seu, porque é para onde sua sexualidade vai. Tirar o objeto do fetiche de um fetichista é o equivalente a tirar mulheres de um indivíduo que é heterossexual. Tentar evitar esse objeto é o equivalente a tentativa de uma mulher heterossexual evitar homens. Pode ser difícil ou fácil dependendo da pessoa, mas fato é que quase sempre caímos, especialmente se você estiver numa idade como a minha ou a do meu amigo. Julgando pelo que ele me contou, ele tem seu fetiche sob controle. Por que completamente aniquilá-lo?

Talvez isso soe como um bocado de besteira sem sentido, mas o fato é: eu queria saber por que as pessoas tentam aniquilar hábitos que, além de trazerem gratificação ao praticante, são inofensivos (ao passo que livrar-se deles seria extremamente penoso)?

Eu meio que me sinto como o Eek (lembra?), querendo ajudar os outros e normalmente levando chutes em troca. A diferença é que sou azul e os chutes sou eu mesmo quem dou.

Publicado por Yure

Quando eu me formei, minha turma teve que fazer um juramento coletivo. Como minha religião não me permite jurar nem prometer, eu só mexi os lábios, mas resolvi viver com os objetivos do juramento em mente de qualquer forma.

4 comentários em “Queria saber…

  1. Bem, no meu caso, eu tento eliminar hábitos que me dão prazer mas não são essenciais para minha sobrevivência pois desta forma não me torno dependente, escravo disto. É uma forma de evoluir na minha opinião. :3

    Curtir

        1. Imploro por discordância. A evolução é ocasional e assim ela é melhor. Quando você tenta evoluir sem ajuda da natureza, ou seja, quando ela não te aponta a direção (através da necessidade), você corre o risco de evoluir na direção errada.

          Em 03-01-2012 22:51,

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: