Analecto

7 de junho de 2012

Quando você acha que acabou…

Na sua interpretação o que é o Espírito Absoluto da filosofia hegeliana? – Yahoo! Respostas.

Adivinhe só? A professora resolveu me torturar um pouquinho mais e teremos uma prova final. Mais uma nota pela qual temos que lutar arduamente. O assunto da prova é óbvio.

Pelo menos, depois de tudo o que passei, posso me considerar preparado para a prova, certo? Não, não, senhor. Está sendo passado conteúdo novo, ainda mais complicado e sem sentido, que me faz dormir na sala de aula. Por que não Kant ou Schopenhauer? Droga, eu topo até… qualquer coisa, menos Hegel, de novo.

Além disso, uma certa raposa no Fur Affinity ascendeu a um nível completamente diferente de arrogância. Eu tentei ajudá-lo, tentei ignorá-lo, mas agora o odeio. Ele é totalmente pretensioso, ora sentindo-se mal por não receber atenção o suficiente, ora tornando-se totalmente esnobe por receber atenção demais. Recentemente, ele postou um jornal dizendo o quanto ele odeia quando as pessoas desenham trabalhos derivados de uma só posição. Tipo, você desenha um personagem depois desenha vários outros personagens naquela mesma posição. Pois é, ele odeia isso. Diz que é falta de criatividade, mas o fato é que o artista por ele criticado não tem tempo de desenvolver suas perícias artísticas. Ou seja, a raposa confunde imperícia com falta de imaginação e tracing. Mas, se fosse tão ruim, por que pelo menos uns quinze babyfurs fizeram pedidos a esse cara com “pouca imaginação”, que na verdade tem poucos recursos e pouco tempo? A raposa talvez esteja com inveja. A raposa luta com todas as forças para melhorar um estilo de arte que, no fundo, a incomoda (o que ela quer é desenhar bondage com fita adesiva) simplesmente para conseguir a atenção dos outros. Mas o estilo de arte dela é “duro”, “reto”, pobre e sem vida, especialmente a arte digital, e não estou dizendo isso porque tenho um par de problemas com arte digital, mas porque é assim. E eu garanto que se ela me criticasse ou criticasse esse cara com “pouca imaginação”, ele não teria sucesso, porque fazemos arte com gosto. Já se eu dissesse isso para ela, ela provavelmente ficaria defensiva ou talvez até deprimida, porque não tem nada pior para o egocêntrico do que ser criticado, especialmente quando a critica é fundamentada.

Antes de se julgar melhor que os outros e dizer besteiras como aquela contra um cara que você nem conhece, olhe para si mesmo e suas motivações. Só porque você tenta ser melhor artista que os outros, você acha que pode pisar sobre eles ou emitir juízos “absolutos” e injustos enquanto posa de guru?

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: