Analecto

9 de julho de 2012

Como consertar corações partidos.

Filed under: Saúde e bem-estar — Tags:, , , — Yure @ 16:38

Ladytron – The Reason Why – YouTube.

Como sabem, estive mal nesses últimos dias por causa de um problema que vive retornando sem motivo aparente. Muitas pessoas me ajudaram, algumas bem-sucedidas, outras nem tanto. Já enfrentei situações piores, situações em que ninguém podia me ajudar, em que eu precisei de ajuda médica para me recuperar e tinha que ser antes de eu juntar coragem para me matar. Mas, supondo que a pessoa que você quer ajudar não esteja sofrendo de depressão clínica, tenho um par de dicas que poderiam funcionar na tarefa de levantar o humor de alguém.

  1. “Sei como é…” Mostre que você entende, que está preocupado e que quer ajudar. Talvez a pessoa ache que não precise de ajuda, mas deixe claro que ela pode contar com você se ela necessário.
  2. “Tens tempo?” Não fale com essa pessoa na frente de todos porque isso pode deixá-la acanhada. Procure falar com essa pessoa quando ela estiver sozinha.
  3. “Olha, viu aquele filme ontem à noite?” Não vá direto ao ponto. Pergunte como a pessoa está e o que ela está fazendo antes de falar sobre o assunto. Daí, depois de alguns minutos falando de algo aleatório (é mais fácil se for algo que em que ambos possam opinar), toque o assunto principal.
  4. “Poxa, que barra…” Muitas vezes, pessoas tristes precisam ser confortadas ao passo que não querem deixar isso claro para não parecerem fracas. Esteja pronto para sentir um pouco de “pena” se necessário porque isso pode levantar o astral da pessoa; ela vai saber que alguém se importa e está disposto a ouvir os problemas dela sem que ela precise pedir. Mostre-se sensibilizado, não altivo; tem gente que tenta motivar a pessoa fazendo-a parecer ridícula e fraca (típico entre pessoas que não entendem o problema), numa tentativa de chamá-la à “realidade” sem se tocar que a realidade da pessoa é diferente da dele e que o sofrimento em questão faz sentido para a pessoa.
  5. “Sabe o que eu fiz?” Se algo similar tiver acontecido com você, dê sua opinião no problema da pessoa. Tente mostrar cursos de ação possíveis, formas de aceitar o problema se ele não tiver solução, formas de superar o problema se ele tiver solução. Explique como você vê a situação e tente explicá-la à sua maneira e verifique como você agiria na situação em que a pessoa está. Tente dar conselhos que, na verdade, não são tão difíceis de dar.

Há certos comportamentos que você não deve mostrar:

  1. “Sai dessa.” Provavelmente o pior possível é dizer para a pessoa simplesmente se animar. Segundo o livro Driblando a Depressão, é como pedir para alguém com uma perna quebrada que ande na rua. Simplesmente pôr um sorriso na cara não cura o problema, pois você está, no máximo, tratando o efeito e não a causa, logo o problema voltará com mais intensidade mais tarde.
  2. “Ha, ha!” Não mostre sinais de felicidade antes que a pessoa também se mostre feliz. Rir passa a sensação de que você está fazendo pouco caso da situação ou acha que o problema da pessoa é bobo e sem importância quando este problema faz sentido para a pessoa.

Acho que é o bastante. Tem outras coisas, mas isso é o básico. Contudo, antes de começar a ouvir e aconselhar, é bom que você tenha algo antes: bom-senso. Se você não tiver, arrume uma cópia na Internet ou sei lá; uma pessoa sem bom-senso não está apta a ouvir alguém e muito menos a aconselhar a pessoa em questão. Se você perder a paciência ou se seus recursos se esgotarem, seja honesto e diga que não pode ajudar, pelo menos naquele momento. Contudo, esteja ali para pelo menos escutar a pessoa e tente aconselhar novamente se você ouvir algo no qual possa opinar.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: