Analecto

21 de outubro de 2012

Ubuntu 12.10.

Filed under: Computadores e Internet — Yure @ 21:16

Cara, por onde começar? É o pior de todos os lançamentos! Eu deveria ter continuado com o 12.04 LTS. Acho que vou abrir o painel inicial e usá-lo como referência para dizer o que eu gosto e o que eu não gosto nesta versão.

O Dash agora é o keylogger mais bem sucedido desenvolvido para Linux; envia o que você digita para a Canonical e, de acordo com o aviso legal que acompanha o Dash, o uso desse recurso para pesquisar coisas implica sua aceitação no envio desses dados. Eu gostava do Dash, mas resolvi não usá-lo mais porque eu tenho coisas para esconder.

Por alguma razão obscura, os canais de software estão congelados aqui no que tange a interface gráfica. Não posso reabilitar, pela interface gráfica, as PPAs que a atualização desabilitou. Para essas e outras existe o Terminal. Embora os botões de adicionar e remover estejam na interface gráfica dos canais, não funcionam aqui. Clicar na caixinha ao lado dos nomes das PPAs também não funciona. Talvez seja porque eu atualizei a distribuição através do gerenciador de atualizações, quando todo o mundo recomenda que eu formate o disco e comece do zero, ao invés de atualizar pelo método tradicional.

O recurso das contas online é um vitupério: apesar de útil, conectar o Google ao sistema requer que você primeiro esteja em consentimento com a Canonical, permitindo que ela leia seus documentos no Google Drive, leia suas mensagens instantâneas e use o Empathy para enviar mensagens. Observe, contudo, que este é um recurso válido apenas para a maioria dos programas que vêm por padrão no Ubuntu e que tem funcionalidades relacionadas à Internet. Instalar um programa de terceiros, como o Pidgin, é recomendável.

Não falarei do Imagemagik porque não sou artista digital. Uma das coisas que gostei foi o fato de que sites populares, como o WordPress e o Youtube, podem ser ligados ao painel inicial, de forma que você possa, por exemplo, por um link para eles na barra lateral, acessando-os mais rapidamente e eficientemente. Isso também funciona com sites relevantes ao Ubuntu, como o Launchpad.

Libreoffice Writer tá com defeito: as opções lá encima nem sempre aparecem e, quando aparecem, algumas opções dos menus editar, preferências e inserir não são clicáveis. Novamente, isso me cheira a atualização mal feita, minha culpa.

Anúncios no painel inicial! Primeiro sistema em que você pode ver anúncios sem ter de abrir o navegador. Eles podem ser desabilitados contudo. Falo do catálogo do Amazon, que, normalmente, aparece quando você pesquisa algo no Dash. Como eu não mais uso o Dash e configurei o painel inicial para não salvar minha atividade (sou obcecado por privacidade, como pode ver), eles os resultados do Amazon não aparecem aqui.

Darei mais uma chance ao Ubuntu, contudo. Mas, com tantas distribuições Linux por aí e com a Canonical tentando entrar no fluxo principal, o Ubuntu tem perdido espaço no mercado Unix. Lembro dos tempos do 10.10, quando o Ubuntu liderava as outras distribuições. Aí veio o Unity, não que isso fosse ruim, mas muita gente não gostou e o Ubuntu começou a perder pro Linux Mint. Mas, com o 12.10, acho que a distribuição caiu umas duas posições.

Se eu mudar de distribuição, mudarei para o Icognito Linux. E por que não mudar agora? Simples, meu chefe precisa que eu esteja executando Ubuntu para que eu possa testar o Furquest; não é recomendável que eu execute um sistema diferente do dele por razões técnicas.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: