Analecto

15 de dezembro de 2012

Por que odeio o natal?

O semestre terminou e parece que fui aprovado em todas as disciplinas. Tudo graças ao advogado que me ajudou a entrar neste semestre em primeiro lugar. Se o advogado estiver lendo, agradeço a ele em primeiríssimo lugar. Poderia dar todos os meus neopontos para ele.

A prova de hoje foi facílima: o professor lançou cinco questões para respondermos em dupla. E só tínhamos que responder três das cinco. Eu e a colega ao meu lado respondemos duas questões sobre Marx e uma sobre Nietzsche. O que eu escrevi na minha última entrada sobre Nietzsche caiu todinho na prova, então citei meu próprio blog.

Que venha o tédio agora, já que parece que o próximo semestre só começa fevereiro. Dois meses desocupado, mas não sem filosofia, porque aí não teria condição.

Com o natal se aproximando, filhotes começam a me pedir desenhos relacionados à dita data. Acho que é hora de confessar que eu odeio o natal. Ora, como odiar o natal, época de dar e receber a todos e de todos? Não que eu já não faça isso o ano inteiro; vivo ajudando meus amigos e dando presentes a eles quase que quinze dias por mês. Mas, nessa época, as pessoas esperam que todos estejam um pouco mais generosos que o normal. Isso pra mim não é exatamente possível, porque ser mais generoso do que eu sou e ainda ser pressionado para estar alegre o tempo todo, sair da minha amorosa rotina e nunca demonstrar um pingo de negatividade quando muita gente morrerá no natal independente de ser ou não um dia sagrado do capitalismo é uma tortura. As pessoas esperam que eu seja totalmente diferente no natal e acho isso um porre.

Antecipando as piadas do mito do Grinch, não odeio o natal porque todos são felizes nessa data e infelizes no resto do ano, mas porque elas insistem que eu saia do meu humor habitual. Eu tenho uma cota aceitável de felicidade durante o ano inteiro e pretendo mantê-la desse jeito tanto no natal como na páscoa, em todos os dias do ano se possível, ao invés de me forçar a ser mais feliz em certas datas ao passo que eu não exijo isso das outras pessoas nos outros dias do ano.

Aconteceu um tiroteio em Connecticut recentemente e o gato ficou especialmente abalado porque o tiroteio ocorreu dias antes do natal, como se isso fizesse o tiroteio pior. Não estou dizendo que não foi uma tragédia, só estou dizendo que a proximidade do natal não torna os crimes nem um pouco mais intoleráveis. Por acaso, os judeus e muçulmanos não veriam essa tragédia com lente de aumento simplesmente por causa de uma data que eles nem comemoram. Se vissem, o fariam porque a maioria dos mortos eram crianças!

É como se até quem não comemora o natal tivesse de ser obrigado num costume ocidental cristocêntrico. Não é uma data que impede essas coisas de acontecerem. Além disso, as pessoas quase nunca pensam no Cristo durante o natal. Pensam no Papai Noel, o qual nunca me deu um Super Nintendo nos anos noventa mesmo eu tendo me tornado uma pessoa melhor e deixado de forçar meus amigos a prender a urina (retomei depois que desencanei dessa), mas no Cristo? Não, o natal tem perdido seu significado e tem sido usado como jogada de marketing. É como pensar no Coelho da Páscoa ao invés do Cristo na páscoa.

Por isso odeio o natal. Não é a data, mas como as pessoas agem e como esperam que você aja. Mas tenho problemas maiores com o ano novo: toparia quebrar minha rotina para assistir fogos de artifício, coisa que o natal não tem.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: