Pedra, Papel e Tesoura.

23 de agosto de 2015

Dezessete anos apagados numa noite.

Filed under: Organizações, Saúde e bem-estar — Tags:, , , — Yure @ 23:16

Out of all, this is certainly the most useful emotion. It’s the pain that disciplines. The pain is the sign that something is going wrong and the sadness is the punishment of those who didn’t recognize the bad course of things, as it’s one of the worst pains.The sadness comes and sensitizes us. Then, when we are fragile, the guilt, a rigorous feeling, comes and tells us: “Oh, how I wish if you had done this, it and that!”, making us see where our mistake is. In the end, we can’t improve ourselves if we don’t recognize the mistake. The guilt inflicts more pain, more sadness, punishing us when no one else can punish. “You missed! Suffer the excess before repairing what you owe!”Then, the blanket of self-pity covers us and tells softly: “Calm down, because you suffered enough, poor thing. You are just a little child who is learning how to behave from your father. Poor you! Life is cruel to you!” It makes you realize how small you are, destroying any trace of pride and putting your head back over your shoulders. Those who take pleasure in pride reject self-pity and, often, fall in the same mistake, as not feeling little makes them reject the advice of guilt, thus suffering more sadness.It’s my favorite emotion in general and my music oozes sadness. It opens my eyes to my mistakes and the mistakes of other people. When taken constructively, it enables moral growth.

Escala das emoções: tristeza. by Yure16 < Submission | Inkbunny, the Furry Art Community.

Parece que hoje oficialmente acabou uma amizade que tinha há dezessete anos. Um amigo meu veio jogar RPG aqui em casa e eu fiz alguma coisa que o deixou chateado. Mas eu não percebi, nem ele me contou. Quando ele estava saíndo, ele disse ao meu irmão: “Yure morreu pra mim”. Ele vocalizou seus sentimentos para o meu irmão, pelas minhas costas, mas não os manifestou a mim, que sou aquele com quem ele tem um problema.

E, por uma semana, ele recusou convites para jogar, mesmo quando feitos pelo meu irmão, e se recusa a dizer o que foi que eu fiz para deixá-lo com raiva. Antigamente, eu faria isso, mas eu já não tenho catorze anos pra fazer esse tipo de coisa.

A filosofia, contudo, me desumanizou e sou incapaz de ficar triste com isso. A razão é simples: se ele não quer agir como adulto e discutir isso comigo, não merece meu tempo nem minha amizade. Apesar disso, porque eu sei que ele é um cara legal e esse agir infantil ainda lhe trará problemas, resolvi confrontá-lo indo à casa dele. Mas ele e sua família estavam de saída quando eu me aproximava. Eles não me viram, então eu perdi a chance. Além do mais, se ele não quer falar sobre o que quer que eu tenha feito, talvez seja algo muito pessoal e que só possa ser discutido comigo. Sinto-me no dever de lhe alertar sobre seu proceder, mesmo que ele não queira me dar outra chance e permitir o reparo de uma longa amizade que existe desde nossa infância.

Inobstante, não acho que eu sofreria com a perda de um amigo, logo eu que não sofri com a possibilidade de morte enfrentada pelo meu irmão. Afinal, eu tenho amigos melhores, com quem me preocupo mais, na Internet e isso diz muita coisa. Na verdade, se ele permite que uma amizade de longa data seja destruída completamente em uma noite, talvez ele nem fosse mesmo meu amigo. Talvez eu tente falar com ele de novo, porque não me parece certo deixar alguém cometer uma falta como essa sem dizer nada, porque isso poderia causa mais problemas pra ele e eu teria parte da culpa, por não ter apontado que ele precisa melhorar nisso.

Sei que estou soando altamente arrogante e insensível aqui, mas sabe o que eu faria se eu não gostasse nem um pouco dele? Deixaria ele continuar cometendo esse erro com outros, até que alguém resolvesse tirar satisfação dele no braço!

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: