Analecto

2 de dezembro de 2016

Receio pelo meu futuro.

Filed under: Notícias e política, Organizações — Tags:, , — Yure @ 15:36

Aos treze anos, eu tive minha primeira aula de filosofia e amei a disciplina, embora não pela habilidade da professora. Eu comecei a estudar filosofia por conta própria no ano seguinte porque só tínhamos filosofia no primeiro ano do ensino médio, com sociologia no segundo ano e no terceiro. Eu nunca tive grande interesse por sociologia, que parecia ser uma disciplina que eu nunca iria usar, mas filosofia me servia para aprimoramento moral e esclarecimento sobre questões que a ciência não respondia.

Eu passei no vestibular pra universidade estadual aos dezesseis anos e me senti ótimo lá dentro no começo. Mas, ao longo do curso, a universidade entrou em greve cinco vezes, atrasando a formação dos licenciandos em dois anos e meio. O curso que deveria já ter acabado ainda está rolando. E agora que filosofia se tornou opcional no ensino médio, eu temo pelo meu futuro. E o que mais me frustra é o fato de que isso não teria acontecido se eu tivesse escolhido cursar filosofia na federal, onde os meus colegas que entraram anos depois de mim se formarão no mesmo ano que eu.

O que eu vou fazer com este diploma que estou tão perto de conseguir? O que os outros licenciandos farão? O meu sonho é, desde a adolescência, dar aula de filosofia no ensino médio público, mas, vendo o cenário atual da educação, me parece que terei que relativizar esse objetivo, tentando me aproximar dele aos poucos. Talvez eu não possa ensinar filosofia, mas será que esta licenciatura me habilita a ensinar alguma outra coisa? Se alguma escola particular ainda tiver aulas de filosofia, eu quereria ir pra lá? Mas entre ensinar filosofia na rede particular e ensinar outra coisa na rede pública, o que eu escolheria? A filosofia pode voltar ao ensino médio como obrigatória a tempo da minha formatura? Eu não posso mais contar com minha sorte.

Eu tenho um curso de informática e um de inglês. O ensino técnico profissionalizante permite a entrada de professores de “notório saber”. Quem lê este diário sabe que eu entendo muito de Linux, apesar de não ser certificado nisso. Eu não poderia, talvez, tentar tirar uma mordida no ensino técnico, já que eu não preciso ser habilitado pra ensinar? E eu teria alguma vantagem por ter cursado disciplinas pedagógicas na universidade. Então eu tenho tanto conteúdo como método. Mas eu ainda não sei se é isso que eu virei a fazer. O ensino técnico profissionalizante como currículo do ensino médio é algo tão diferente pra mim, já que eu nasci depois da adoção do currículo único, que talvez eu queira fazer algo com que já tive contato, como história ou geografia, que são do currículo humanístico. Mas eu não sei se o curso de filosofia habilita pra essas áreas. O que sei é que existiram, ao longo de todo o período da filosofia como obrigatória, professores de história lecionando filosofia. O contrário, professores de filosofia lecionando história, aconteceu durante a ditadura militar.

Parece que meu sonho será mais uma ideia reguladora a partir de agora, em vez de um objetivo que precise ser alcançado com máxima prioridade. Com efeito, eu desisti de muita coisa por causa desse sonho, mas agora eu vejo que, apesar da minha determinação, fatores externos como o atraso do curso e a remoção da filosofia do ensino médio obrigatório o inviabilizaram. Tudo parecia tão simples, que não cogitei a possibilidade de falhar. Que irresponsável.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: