Analecto

31 de julho de 2017

O “Diário de um Sedutor”, de Kierkgaard.

Filed under: Livros, Passatempos — Tags:, , , — Yure @ 00:00

“Diário de um Sedutor” foi escrito por Søren Aabye Kierkegaard. Abaixo, algumas parafrases relacionadas ao texto dele.

  1. Ler o diário de um conhecido é uma experiência e tanto.

  2. Você sempre pode saber algo novo sobre velhos conhecidos.

  3. Algumas pessoas têm tal talento para poesia que se expressam poeticamente, mesmo sem rimar.

  4. Tem gente que vive em um mundo particular tão próprio que, mesmo ao se aproximar e participar do mundo real, acaba não pertencendo à realidade.

  5. Pessoas como essas, isto é, pessoas que vivem mais em seus mundos interiores do que no mundo real, agem do jeito que agem porque a realidade não lhes provê estímulo suficiente para mantê-los interessados.

  6. Não se sensibilizar com a realidade não é uma demonstração de fraqueza, mas de força doentia.

  7. A consciência dessa força doentia agrava a doença.

  8. Uma pessoa não seduz outra só por sexo.

  9. Às vezes, não é claro quem está seduzindo quem.

  10. Não é possível escapar de si mesmo.

  11. Intelectuais também têm sexualidade.

  12. Segredos seduzem.

  13. Uma mulher pode roubar totalmente a atenção de um homem, mesmo quando não está presente.

  14. Quando você seduz uma mulher e faz isso com maestria, depois a trai, espero que ela não tenha ficado obcecada.

  15. É injusto privar alguém do amor uma vez concedido quando esse amor é tudo o que resta a essa pessoa.

  16. Talvez você se arrependa de ter terminado.

  17. A pessoa que se apaixona por um adúltero, mas cujo amor não diminui por causa do adultério, espera o outro se saciar do amor das outras para que o amor por ela ressurja.

  18. Escrever com paixão torna seus sentimentos mais óbvios do que seu raciocínio.

  19. Ninguém é tímido quando se está sozinho.

  20. Uma súplica e uma lágrima têm o mesmo valor: chorar já é pedir pra parar.

  21. Uma mulher é mais bonita sem as bijuterias.

  22. É possível ficar noivo de alguém que você não ama.

  23. Os dentes são como um guarda atrás dos lábios sedutores.

  24. Se quiser fazer alguém se sentir importante, finja que sente timidez diante desse alguém.

  25. Uma relação amorosa pode ser feia mesmo que os envolvidos sejam belos e mesmo que a relação seja bela pra eles.

  26. Um ato pode ser mais aceitável a uma pessoa dependendo de seu estado de espírito.

  27. Se você consegue a confiança de uma estranha, nem por isso aja como se fosse da família ou amigo de longa data, para não faltar com o decoro e perder a confiança que acabou de ganhar.

  28. Dá pena ver alguém chorar porque o amado lhe deu um bolo.

  29. O “sedutor” do diário sabe se aproveitar do estado de espírito de uma pessoa.

  30. O primeiro contato com a pessoa amada é o mais difícil.

  31. Amor primeiro, sexo depois.

  32. Para maximizar o prazer é preciso controlá-lo.

  33. É possível fazer sexo sem vontade.

  34. É necessário variar pra manter o interesse sexual.

  35. O acaso pode decepcionar por ter acontecido, mas também decepciona por não acontecer.

  36. A justiça tem o tabuleiro, mas quem move as peças é o caos.

  37. O tédio leva à loucura.

  38. Se apaixonar fora da sociedade é frustrante: não se sabe onde ela mora, qual é seu nome, de qual família é, se está comprometida.

  39. Saber do estado civil é prioridade.

  40. Ter muitas possibilidades e poucas certezas também enlouquece.

  41. Um casamento arranjado em que uma das partes não ama a outra é receita pro desastre.

  42. Quanto mais você se esconde, mas desagradável é ser encontrado.

  43. Se tiver que se esconder, fique quieto.

  44. Quem não presta atenção nos outros, não percebe que os outros prestam atenção nele.

  45. É possível não se dar conta da própria paixão, estar apaixonado sem saber.

  46. Dizer o que é belo é difícil, mas dizer do que se gosta é mais fácil.

  47. Conquistar uma pessoa amada é mais fácil quando você dá a entender que não é isso que você quer.

  48. Superproteger o filho é um crime que a vida nunca deixa de punir.

  49. Isolamento do mundo prejudica o desenvolvimento da criança.

  50. Aos dezesseis anos, há uma boa chance de você já não ser mais virgem.

  51. A mulher sem produção apela mais aos “homens de verdade”.

  52. É interessante que a mulher tenha amigos homens.

  53. Conquistar alguém requer conhecimento das crenças daquela pessoa.

  54. Faça-se de difícil.

  55. Ensaie o que vai dizer.

  56. Há o sorriso falso, o sorriso educado, o sorriso tímido, o sorriso sarcástico….

  57. Uma mulher de comportamento masculino pode também ser atraente.

  58. Há mulheres que invejam o comportamento social masculino.

  59. O estado de espírito de alguém pode ser sentido nos improvisos dados em uma música aprendida.

  60. A memória não necessariamente é um retrato fidedigno do que aconteceu.

  61. Se você bater à porta, sabendo que a pessoa amada está lá, e ela não responder, não entre, a menos que seja um caso de vida ou morte.

  62. Não é possível aprender a namorar lendo romances.

  63. Uma mulher que só tem beleza e nada mais deve abandonar as esperanças de arrumar alguém.

  64. O mesmo se aplica aos homens.

  65. Quem só teve azar no amor, perde a vontade de tentar.

  66. Você deve dispor de algo que a pessoa amada goste.

  67. Faz parte da sedução a conversa com elogios velados: isso fará com que a moça queira sua presença, mesmo que não de forma romântica (óbvio, amar alguém leva tempo).

  68. Uma pessoa tímida também tem sentimentos, só não sabe lidar com eles.

  69. Se você vai encontrar uma pessoa num local casual, numa ocasião casual, vá vestido casualmente.

  70. Uma mulher que gosta de sentir no controle preferirá homens tímidos, então finja ser tímido e, quando o relacionamento estiver acontecendo, gradualmente abandone o disfarce.

  71. Sentir-se nervoso perto da pessoa amada é uma emoção cuja intensidade varia de pessoa pra pessoa.

  72. Não é possível dizer se eu já senti “amor de verdade”, porque não há como saber qual o tipo de amor mais intenso que existe sem ter se apaixonado por todo o mundo, pra saber com qual pessoa você sente esse amor “de verdade”.

  73. Para reforçar a atitude de “quem não quer nada”, necessária à sedução, se torne amigo de outras pessoas interessadas na amada.

  74. Embora você não precise ensaiar o que vai dizer à pessoa amada, mesmo que seja recomendável, você deve ensaiar o que dirá à futura sogra.

  75. Ganhe a confiança da futura sogra se mostrando útil.

  76. A conversa com a sogra não deve ser sobre a mulher amada.

  77. Uma pessoa pode ser ter doze, parecer que tem catorze e agir como alguém de dezesseis.

  78. Uma pessoa muito jovem não compreende jogos mentais.

  79. A aura de “quem não quer nada” livra o sedutor de suspeitas da família.

  80. Um homem que não está interessado em mulher revolta a mulher, especialmente se ele poderia ser um bom partido.

  81. Essa aura de “quem não quer nada” permite que o indivíduo observe a amada sem que ela o perceba, pois a amada não tem certeza de ser cobiçada ou não.

  82. Seguir um método de sedução à risca não funciona.

  83. Não se arrume demais.

  84. Conquistar alguém pode requerer a ação dos amigos.

  85. Somente depois de ganhar a confiança de todos à volta da moça amada é que você deve deixar sua intenção transparecer.

  86. Faça piada dela, sem maldade, mas sendo engraçado.

  87. Não negue a liberdade dela, mas não permita que ela negue a sua.

  88. É possível se apaixonar por mais de uma pessoa, porque cada pessoa é amada de forma diferente.

  89. Amar um só é pouco.

  90. Na falta de roupa pra ir, peça emprestado.

  91. A amizade entre você e seu rival precisa ser falsa e, no entanto, altamente convincente.

  92. Seduzir é difícil.

  93. Empreste livros à amada.

  94. Tire vantagem dos outros que a querem.

  95. Ao emprestar livros (ou outras mídias) pra sua gata, tem que ser algo que jogue a seu favor.

  96. A atmosfera de incerteza (“ele me quer ou não?”) deve ser mantida até a hora certa.

  97. Manter amizade com os outros pretendentes da gata permite que você antecipe seus movimentos.

  98. Quando alguém é rejeitado, a pessoa que rejeita pode ficar com pena, reavaliar e aceitar.

  99. Não faça promessas ao sabor da paixão.

  100. Se sua amada fizer essas promessas, permita que faça e permita que as quebre, para que ela precise de seu perdão.

  101. O escritor é contra delações premiadas.

  102. Seduzir com classe é manipular a mente e é diferente do amor que se desenvolve de forma natural.

  103. Deixar o amor crescer naturalmente não requer sedução.

  104. Seduzir com classe é querer ser amado mais que tudo.

  105. Quem seduz com classe mantém a vítima interessada mesmo depois do rompimento.

  106. Faça a moça temer que outra pessoa se declare pra ela.

  107. Diga que está apaixonado, não diga por quem.

  108. Tem gente que pagaria pra que alguém lhes escrevesse uma carta de amor pra entregar pra outra pessoa.

  109. Pra quê existe noivado?

  110. Só um artista pode julgar um artista.

  111. Depois que você se declarar e seu rival ficar doido de raiva de você, a essa altura você já deve ter a confiança da sua sogra, então, diga que o noivado foi arranjado por ela e que você está disposto a deixar a moça se o rival puder conquistá-la.

  112. Se você construiu uma amizade “verdadeira” com seu rival, não a perca.

  113. Se você não continuar lutando, o amor já conquistado desaparecerá.

  114. Em um relacionamento de sedução, um dos lados sempre acaba mentindo.

  115. O que mais trai é o que melhor sabe esconder, quer seja homem ou mulher.

  116. Quem melhor seduz é aquele que não seduz por sexo, mas por controle.

  117. O amor é indiferente às histórias de vida dos amantes, sua herança familiar, ficha criminal…

  118. Existe uma moral do amor, que não deve ser ferida durante a relação pré-marital.

  119. A moral do amor não é a moral civil.

  120. Não tem graça seduzir alguém que é forçado a ficar com você.

  121. É preciso, pra manter a relação em bom estado, que se tire dela mais do que simples afeto.

  122. Na sedução, ser honesto não basta.

  123. Use as conversas ao vivo pra incitar a paixão, use as conversas escritas pra moderá-la.

  124. Aprenda com os romances passados.

  125. Adolescentes são ótimos manipuladores, então aprenda deles.

  126. Algumas coisas não são resolvidas sem impulsividade (“salto da donzela”).

  127. Parece que a sua profissão cria um preconceito a seu respeito: é esperado que todos os soldados sejam fortes, que todos os professores sejam sábios, que todos os médicos curem, entre outros, mas isso nem sempre acontece.

  128. Em geral, um bilhete funciona melhor que uma carta, se o que você quer é causar tesão.

  129. Uma conversa não é composta só de palavras, mas também de gestos, expressões faciais e mudanças de tom de voz.

  130. Nunca pergunte se a pessoa leu a mensagem.

  131. Existe um tipo de lisonja para cada situação.

  132. Muitas pessoas têm meios de controle emocional de que não se servem por não saber usá-los.

  133. Quando você ama, quer que os outros amem o amado.

  134. Dê a impressão de que pertence à amada.

  135. Se a mulher não tem o desejo que convém, crie nela o desejo conveniente.

  136. Mesmo que falte à escrita a vivacidade da fala, ela ainda é mais influente.

  137. Prestar atenção aos arredores é um dos passos pra virar filósofo.

  138. Não existe teoria do beijo.

  139. O valor do beijo é perdido se feito com frequência.

  140. Prolongue o noivado até não poder mais.

  141. Cabelo solto é mais bonito.

  142. Para muitos, a vida eterna não vale a pena sem o amado.

  143. A crueldade feminina é inigualável (Eclesiástico 25: 13).

  144. Uma mulher pode ser cruel sem razão aparente ou mesmo sem razão alguma.

  145. A mulher que move o corpo é mais gostosa do que a sedentária.

  146. A dor do parto parece tão lancinante, que um homem pode preferir ir pra guerra do que parir.

  147. O método de sedução varia conforme aquilo que se quer obter.

  148. Um abraço repetido vale mais que uma aliança.

  149. O hedonista não pensa no futuro.

  150. O amor teme ser limitado.

  151. A vitória do sedutor é fazer a moça terminar com ele depois que ele perde o interesse, o exonerando da culpa de largá-la.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: