Some advice from Augustine, part 6.

Continuing my reading of Augustine’s work, I now deal with some advice that I found in the Confessions and in De Magistro. I already talked about the latter in a text about rape. Confessions is an autobiographical philosophical reflection of Augustine. He remembers his life and reflects on it philosophically. But De Magistro is aContinuar lendo “Some advice from Augustine, part 6.”

Avalie isto:

Alguns conselhos de Agostinho, parte 6.

Continuando minha leitura da obra de Agostinho, trato agora de alguns conselhos que eu achei nas Confissões e no De Magistro. Eu já falei do que se trata este último num texto sobre estupro. Confissões é uma reflexão filosófica autobiográfica do Agostinho. Ele lembra sua vida e reflete filosoficamente sobre ela. Já o De MagistroContinuar lendo “Alguns conselhos de Agostinho, parte 6.”

Avalie isto:

Some advice from Augustine, part 5.

This time, I decided to read The Consecrated Virginity . I remember that once, when I said I was a “virgin”, my oldest friend said that it is not good for the man to use that term to describe himself, because originally “virgin” was an exclusively feminine term. And, in fact, reading this book, IContinuar lendo “Some advice from Augustine, part 5.”

Avalie isto:

Alguns conselhos de Agostinho, parte 5.

Desta vez, resolvi pegar A Virgindade Consagrada. Eu lembro que, uma vez, quando eu disse que era “virgem”, meu amigo mais velho disse que não é bom que o homem use esse termo pra se descrever, porque, originalmente, “virgem” era um termo exclusivamente feminino. E, de fato, lendo este livro, eu vejo que ele éContinuar lendo “Alguns conselhos de Agostinho, parte 5.”

Avalie isto:

Some advice from Augustine, part 4.

This time, I decided to read the short The Care Due to the Dead. I already knew more or less the content of this treaty, considering what Augustine says about Monica in the Confessions. According to Agostinho, in the Confessions, Monica did not care about the place where she would be buried, since no placeContinuar lendo “Some advice from Augustine, part 4.”

Avalie isto:

Alguns conselhos de Agostinho, parte 4.

Desta vez, resolvi ler o curtinho O Cuidado Devido aos Mortos. Eu já sabia mais ou menos o teor deste tratado, considerando o Agostinho diz sobre Mônica nas Confissões. Segundo Agostinho, nas Confissões, Mônica não se importava com o local onde seria sepultada, já que nenhum lugar era distante pra Deus. Então, imaginei que oContinuar lendo “Alguns conselhos de Agostinho, parte 4.”

Avalie isto:

Some advice from Augustine, part 3.

This time, I read the book The Trinity. As some of you know, I was once the only agnostic in a family of four, three of whom were Jehovah’s Witnesses. Sometimes the pressure was overwhelming. In any case, when you live with Jehovah’s Witnesses, you end up learning some things by osmosis and one ofContinuar lendo “Some advice from Augustine, part 3.”

Avalie isto:

Alguns conselhos de Agostinho, parte 3.

Desta vez, eu li o livro A Trindade. Como alguns de vocês sabem, eu já fui o único agnóstico numa família de quatro pessoas, três delas sendo testemunhas de Jeová. Às vezes, era sobrepujante a pressão. Em todo caso, quando se vive com testemunhas de Jeová, você acaba aprendendo algumas coisas por osmose e umaContinuar lendo “Alguns conselhos de Agostinho, parte 3.”

Avalie isto:

Alguns conselhos de Agostinho, parte 2.

Vocês já viram isto antes e agora vão ver de novo. Como eu acabei minha leitura do livro seguinte de Agostinho, tá na hora de mostrar o que eu aprendi lendo ele. Trata-se da Doutrina Cristã. Apesar do nome, é um manual de hermenêutica e oratória, se bem que orientado a estudantes e pregadores. TentoContinuar lendo “Alguns conselhos de Agostinho, parte 2.”

Avalie isto:

Some advice from Augustine, part 1.

I said last time that I was reading the City of God, by Augustine. Now that I have finished reading at least the first books of this work, I can share what I learned by reading them. I managed to get some things out of it that are still useful today, since Augustine is aContinuar lendo “Some advice from Augustine, part 1.”

Avalie isto: